Retrato

terça-feira, 21 de abril de 2009
(Silêncio - Henry Fuseli)

Eu não tinha este rosto de hoje,
Assim calmo, assim triste, assim magro,
Nem estes olhos tão vazios,
Nem o lábio amargo.

Eu não tinha estas mãos sem força,
Tão paradas e frias e mortas;
Eu não tinha este coração que nem se mostra.
Eu não dei por esta mudança,
Tão simples, tão certa, tão fácil:
- Em que espelho ficou perdida a minha face?

Por Cecília Meireles.

5 surtos poéticos/patéticos:

:) disse...

Tudo vale a pena quando a alma não é pequena. :*

Eu disse...

opa! ótima citação. gostei mesmo, a foto ficou perfeita, que quadro é esse?

Anônimo disse...

gostou! fico feliz. :D

Matheus M. disse...

Esse quadro se chama "Silêncio" de um cara conhecido como Henry Fusely...E quem é esse anônimo? não entendo nada o que ele diz xD

Matheus M. disse...

Fuseli***