É preciso amar...

sexta-feira, 16 de janeiro de 2009
Tempo de amar
O tempo de amar é toda hora
Não é maré que vem e vai embora
Momento de exaltar as melhores sensações
Sentir e exalar as mais fortes emoções

O tempo de amar é o sempre
É o sempre estar por perto
Se aventurar num destino incerto
É sempre buscar o nosso sempre

O tempo de amar é todo dia
Enquanto o mais belo se aprecia
Nossos amores são como fase lunar
São novos, crescentes e cheios...
Cheios de alegria, de pureza
Cheios de harmonia e delicadeza
Cheios de carinho, do verdadeiro amar
E, assim, não podem minguar

O tempo de amar é toda hora
É sempre, todo dia, é agora!
Então viva teus amores
Liberte-se de tuas dores
O tempo de viver, de amar é hoje
Lembrar-se do que foi
Não lamentar o 'se fosse'...

3 surtos poéticos/patéticos:

Daniel Moreto disse...

Esse é meu primããoo
uhuuuull
\o/

tá foda manooo

abraçããõo

xD~

chrisjanner disse...

e pra quem que vc fez?!
xP
te amo!
;*

Eu disse...

meu filho, é melhor patentear logo esses poemas hein! são dignos de serem roubados... hehehe
comentário infeliz, quero dizer: tá massa, cara!! :D